Mãe que perdeu filho na tragédia da Chape vai assistir jogo em RO
01/07/2017 - 9h48 em Rondonia

Defensor do Real, Dida homenageia Danilo Padilha em todos os jogos e convidou a mãe do ex-goleiro da Chape para assistir a final do Campeonato Rondoniense


 

A mãe que emocionou muita gente ao abraçar um repórter do SporTV durante uma entrevista, após perder o filho na tragédia da Chapecoense, chegou em Ariquemes nesta semana. O objetivo da viagem de Ilaídes Padilha até Rondônia tem dois motivos: conhecer o goleiro do Real que homenageia o filho dela em todos os jogos, usando uma camisa com a imagem do ex-Chape, e assistir pela primeira vez a um jogo de futebol em um estádio desde ao acidente.

Danilo Padilha, filho de Ilaídes, morreu na queda do avião que levava a equipe da Chapecoense para jogar a final da Copa Sul-Americana na Colômbia, no final do ano passado.

 
Goleiro Dida e dona Ilaídes Padilha (Foto: Diêgo Holanda)Goleiro Dida e dona Ilaídes Padilha (Foto: Diêgo Holanda)

Goleiro Dida e dona Ilaídes Padilha (Foto: Diêgo Holanda)

Após um treino recreativo na manhã desta sexta-feira, 30, o goleiro Dida, do Real, finalmente conheceu dona Ilaídes pessoalmente. Eles se abraçaram e choraram emocionados lembrando de um dos ídolos da torcida de Chapecó.

Dona Ilaídes diz que tem parentes em Ariquemes e que eles a avisaram sobre as homenagens que o filho recebia de um dos destaques do futebol de Rondônia. Com o convite de Dida e o apoio do time, ela foi ao município acompanhar o primeiro jogo da final do estadual, em que o Real tentará garantir vantagem para o jogo de volta contra o Barcelona.

O goleiro do Real fala da emoção de conhecer dona Ilaídes, que ficou conhecida pelo abraço emocionado em um repórter durante uma entrevista.

- É uma felicidade muito forte, é algo que realmente mexe no coração da gente. Abracei ela como se estivesse abraçando minha mãe, tive aquele amor, o mesmo amor que eu sinto pela minha mãe, nesse abraço foi a mesma coisa que senti.

>> Um abraço, dona Ilaídes: mãe perde Danilo, mas ganha milhões de filhos

 
 
Dona Ilaídes e goleiro Dida (Foto: Diêgo Holanda)Dona Ilaídes e goleiro Dida (Foto: Diêgo Holanda)

Dona Ilaídes e goleiro Dida (Foto: Diêgo Holanda)

Dida diz se sentir agradecido por conhecer a mãe do jogador que o inspira em vários aspectos a carreira dele.

- Hoje Deus me deu o privilégio de conhecer a família de um goleiro que para mim serve de exemplo positivo, tanto dentro de campo, quanto fora. Eu criei um carinho muito grande por ele e isso fez com que eu pudesse me espelhar em alguém que realmente estava vivendo um momento iluminado.

A mãe de Danilo conta que ficou muito feliz ao saber da homenagem feita para o jogador nos campos de Rondônia.

- Para mim foi uma alegria muito grande a primeira vez que eu vi que ele estava fazendo homenagem para o Danilo. Eu não vejo mais meu filho jogando, mas vejo uma pessoa que se inspira nele. É uma alegria muito grande.

 
Goleiro Danilo atuava pela Chapecoense em 2016 (Foto: Divulgação Chapecoense)Goleiro Danilo atuava pela Chapecoense em 2016 (Foto: Divulgação Chapecoense)

Goleiro Danilo atuava pela Chapecoense em 2016 (Foto: Divulgação Chapecoense)

 

Ilaídes revela também que este será o primeiro jogo que ela vai assistir no estádio depois do trágico 29 de novembro de 2016.

- Vai ser o primeiro jogo que eu vou assistir depois que meu filho morreu, vai ser muito emocionante, vai ser como se eu estivesse vendo o Danilo – diz emocionada.

 

A final inédita entre Real e Barcelona acontece as 16h neste sábado, 1, no Valerião em Ariquemes.

 

 FONTE G1
COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!

Cotações fornecidas por Investing.com Brasil.
Slides não definidos